Automação aumenta competitividade das indústrias brasileiras de metal e mineração

Um seminário revela o potencial das disciplinas de inteligência computacional para expandir o uso da automação e impulsionar a produtividade na indústria.
Experiências de sucesso nas indústrias brasileiras de metal e mineração que resultaram em ganhos de competitividade através da otimização de processos, melhoria na qualidade do produto, aumento da produtividade e redução de custos foram apresentadas no 14º seminário de automação de processos, patrocinado pela ABM (Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (www.abmbrasil.com.br).
"A Automação Industrial tem um importante papel na melhoria da produtividade, qualidade e redução de custos das minas brasileiras. Nós podemos otimizar nossos processos de produção através da implementação de sistemas automatizados, que permitem melhor controle e uso das entradas, racionalização da mão-de-obra e redução dos custos de manutenção dentre outros benefícios" explicou Franciso Andrade, gerente de automação de plantas da Usiminas, uma das maiores produtoras de aço no Brasil e coordenador do comitê de organização do seminário.
O evento destacou a apresentação de 40 papers sobre os tópicos: Controle e Automação, Gerenciamento da Automação, Otimização e Simulação de Processos, MES/LIMS/PIMS/RTPMS, Tecnologia da Informação aplicada aos processos industriais e Segurança da Informação.
"Tivemos a oportunidade conhecer casos na área de inteligência computacional – por exemplo, o uso de redes neurais artificias e lógica Fuzzy, e sistemas de visão, processamento de imagens. Eu acredito que essas tecnologias podem ser muito usadas tanto nas indústrias de metal como nas de mineração, expandindo o uso  da automação além do tradicional controle de processos.", observou Andrade.
Como parte da agenda foi incluída uma visita à Gerdau-Açominas (outra importante produtora de aço no Brasil) e treinamento nos sistemas de Seguraça da Informação no Controle supervisório e Aquisição de Dados (SCADA). "A Segurança da Informação na questão da automação é crítica, devido ao alto risco de ataques de vírus e até mesmo sabotagem nos processos industriais", concluiu o coordenador do seminário.

Autora: Sílvia Pereira, [email protected], jornalista.
Fonte: Automation World (www.automationworld.com/news-7781)

Tags: , , , ,


You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

AddThis Social Bookmark Button

Leave a Reply



BlogBlogs.Com.Br